Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 18 de maio de 2024

Saúde

Câncer de Mama e Saúde Mental: a Psicanálise como apoio no Outubro-Rosa

A psicanálise, com sua capacidade de explorar o inconsciente e as emoções reprimidas, oferece um caminho para compreender e lidar com essas emoções complexas. Além disso, destacar a saúde mental como parte integrante do tratamento do câncer de mama é crucial. O apoio psicológico não apenas alivia o sofrimento emocional, mas também melhora a qualidade de vida das pacientes, proporcionando força e resiliência.

Postado em 17/10/2023 2023 11:48 , Saúde. Atualizado em 17/10/2023 11:49

Colunista

 

Outubro-Rosa é um período global de conscientização sobre o câncer de mama, uma doença que afeta milhões de mulheres em todo o mundo. Embora a detecção precoce e o tratamento sejam fundamentais, muitas vezes negligenciamos a saúde mental das pacientes nesse processo. Este artigo explora a interligação entre o câncer de mama e as emoções, destacando a abordagem psicanalítica como uma ferramenta de apoio e a importância de considerar a saúde mental como um componente integral do tratamento.

Quando uma mulher recebe o diagnóstico de câncer de mama, uma enxurrada de emoções a acompanha. Medo, ansiedade, depressão e estresse tornam-se companheiros constantes em sua jornada. O impacto emocional é profundo, muitas vezes tão desafiador quanto a própria doença. É vital compreender que o câncer de mama não afeta apenas o corpo, mas também a mente e as emoções das pacientes.

A psicanálise, um método terapêutico que explora o inconsciente e emoções reprimidas, desempenha um papel fundamental no apoio psicológico das mulheres com câncer de mama. Ela oferece um espaço seguro para explorar e expressar as emoções complexas ligadas à doença. A psicanálise ajuda as pacientes a enfrentar o medo do desconhecido, a ansiedade em relação ao tratamento, a depressão decorrente das mudanças na imagem corporal e o estresse que acompanha a incerteza do diagnóstico.

É importante destacar que a saúde mental não deve ser vista como um aspecto separado do tratamento do câncer de mama. Pelo contrário, ela é uma parte intrínseca desse processo. O apoio psicológico não apenas alivia o sofrimento emocional, mas também melhora a qualidade de vida das pacientes. A mente desempenha um papel crucial na resiliência e na recuperação. Portanto, durante o Outubro-Rosa e em todas as fases da jornada das pacientes, devemos considerar a saúde mental como uma parte essencial do tratamento do câncer de mama.

Durante o Outubro-Rosa é fundamental adotar estratégias que ofereçam apoio psicológico às pacientes.A criação de redes de apoio, grupos de discussão e eventos de conscientização podem fazer uma diferença significativa em suas vidas, proporcionando um ambiente de compreensão e apoio. Além disso, compartilhar histórias inspiradoras de mulheres que enfrentaram o câncer de mama, tem proporcionado apoio na psicanálise e na saúde mental, e desafios foram superados e se tornou uma fonte poderosa de esperança para todas as pacientes.

Em resumo, o Outubro-Rosa nos lembra da importância da conscientização sobre o câncer de mama. Contudo, não podemos esquecer que a saúde mental desempenha um papel crítico na jornada das mulheres afetadas por essa doença. Convidamos a todos a promover a conscientização sobre a saúde mental e a incentivar a busca de ajuda psicológica, quando necessária. 

Em um mundo que frequentemente destaca a importância da detecção precoce e do tratamento do câncer de mama, é essencial lembrar que a jornada das pacientes vai além dos aspectos físicos. A saúde mental desempenha um papel fundamental e não deve ser negligenciada. O Outubro-Rosa, um período de conscientização, nos oferece uma oportunidade valiosa para lembrar que as emoções, o medo, a ansiedade e a depressão são partes integrantes dessa jornada.

A psicanálise, com sua capacidade de explorar o inconsciente e as emoções reprimidas, oferece um caminho para compreender e lidar com essas emoções complexas. Além disso, destacar a saúde mental como parte integrante do tratamento do câncer de mama é crucial. O apoio psicológico não apenas alivia o sofrimento emocional, mas também melhora a qualidade de vida das pacientes, proporcionando força e resiliência.

Durante o Outubro-Rosa e, além dele, convidamos todos a promover a conscientização sobre a saúde mental e a mobilizar os órgãos promotores do tratamento contra essa doença. Juntos podemos fazer a diferença e apoiar plenamente as mulheres que esse momento crítico. Vamos criar um ambiente de compreensão e compartilhamento porque o cuidado abrangente inclui corpo e mente.

 

Daniel Lima, psicanalista.

www.psicanalisedaniellima.blogspot.com

daniellimagoncalves.pe@gmail.com

@daniellima.pe