Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 17 de maio de 2024

Esportes

Evento de beach tennis movimenta economia e turismo de Petrolina

hoje, segunda-feira (15), até 21 de abril, a cidade pernambucana sediará o World Tour EMS OPEN BT400. A competição acontecerá na Ems Arena, fruto de uma parceria entre a EMS Farmacêutica e contará com atletas de 10 países, conferindo à cidade o prestigioso título de ‘capital do esporte’.

Postado em 15/04/2024 2024 09:46 , Esportes. Atualizado em 15/04/2024 09:51

Os melhores atletas de beach tennis do mundo estão chegando em Petrolina, no Sertão de São Francisco, para participar de um dos maiores eventos internacionais da modalidade. Começa hoje, segunda-feira (15), até 21 de abril, a cidade pernambucana sediará o World Tour EMS OPEN BT400. A competição acontecerá na Ems Arena, fruto de uma parceria entre a EMS Farmacêutica e a Prefeitura de Petrolina, e contará com atletas de 10 países, conferindo à cidade o prestigioso título de ‘capital do esporte’.


Fotos: Deivid Menezes

Os melhores atletas do planeta desse esporte que dominou o Brasil e o mundo disputarão premiações de aproximadamente 40 mil dólares, algo em torno de 200 mil reais. Além dos confrontos numa megaestrutura montada na área central de Petrolina, o evento vai lotar hotéis e movimentar a economia local. O torneio internacional será uma vitrine para mostrar os potenciais turísticos, econômicos e esportivos da segunda cidade que mais cresceu no Nordeste nos últimos 10 anos.

A organização do evento já contabiliza cerca de 500 atletas de elite inscritos e vindos de vários lugares do Brasil e Exterior. Entre amadores são mais de 800 participantes. Tudo será transmitido ao vivo pelo YouTube e pelos canais ESPN/Star+, levando imagens das disputas na areia para o Brasil inteiro.

De acordo com o organizador da competição, o jogador de futebol Petros, o evento tem como objetivos principais fomentar o esporte, deixar um legado para novas gerações e, principalmente, levar o nome de Petrolina para o mundo. “A gente quer deixar uma marca, um legado. Esse é o maior torneio desse esporte. Foi muito difícil conseguir a chancela para a realização do BT400, mas conseguimos e estamos muito felizes. Petrolina vai ser a capital do beach tennis. Mais do que a competição, queremos usar o esporte para transformar futuras gerações, como o futebol mudou minha vida e de minha família. Nosso desejo é também deixar uma mensagem para quem assistir no mundo inteiro, ‘vocês precisam conhecer Petrolina’”, revela o atleta profissional de futebol nascido no Vale do São Francisco, que também é entusiasta do beach tennis.