Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 18 de junho de 2021

Cidades

Feiras agropecuárias e vaquejadas podem ser retomadas no Sertão

Das 23 feiras agropecuárias que existiam em Pernambuco no ano passado, 14 foram autorizadas pela Adagro a voltar a acontecer. Desse total, quatro estão no Sertão, nas cidades de Afogados da Ingazeira, Custódia, Buíque e Ouricuri. Para voltar a acontecer, no entanto, devem ser respeitados os protocolos sanitários estabelecidos. Já as vaquejadas, embora autorizadas seguindo o mesmo protocolo, não podem ter shows e nem público presente.

Postado em 10/05/2021 2021 16:33 , Cidades. Atualizado em 10/05/2021 16:34

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Foto Divulgação Sertão PE

Afogados da Ingazeira, Custódia, Buíque e Ouricuri já estão autorizadas pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) a voltar a realizar suas feiras agropecuárias e vaquejadas. Para as demais cidades que queiram a autorização, basta realizar junto à Adagro, pasta vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, o requerimento com 30 dias de antecedência de sua realização.

A solicitação para realização tanto das feiras quanto vaquejadas, deve ser encaminhada para qualquer unidade da Adagro pela entidade promotora, quer seja a prefeitura municipal ou a iniciativa privada.  Após a análise dos documentos, uma vistoria técnica definirá a retomada ou, caso necessárias, as medidas corretivas para a expedição da autorização.

Além do requerimento em qualquer unidade da Adagro, para a liberação, é necessário o pagamento das taxas e licenças próprias, assim como garantir que o evento tenha um médico veterinário como responsável técnico, assim como assegurar o acesso à internet para emissão remota das guias de trânsito animal (GTAs) de saída, garantindo o distanciamento social. O controle de acesso de pessoas, o distanciamento e demais protocolos sanitários também são de responsabilidade da entidade promotora.

 

Vaquejadas são permitidas, desde que sem público presente

Enquanto as feiras agropecuárias são classificadas como atividades econômicas, as vaquejadas estão na categoria de esportes individuais e devem obedecer aos  protocolos estabelecidos na Portaria Conjunta SEE/SES Nº 5 de 12/08/2020, que prevê a ausência de público nas arquibancadas do parque de vaquejada, vedação de shows artísticos na competição, uso de máscaras de proteção individual, distribuição ampla e irrestrita de álcool 70% e permissão de acesso no evento apenas aos competidores, tratadores, médicos veterinários e demais membros das equipes.