Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Cultura

O Dia da Amazônia. Por Luiz Thadeu

Recentemente li uma frase impactante sobre esse tesouro que temos no nosso território, que de tão valioso, pouco cuidamos, ou cuidamos muito mal. 

Postado em 04/09/2021 2021 13:08 , Cultura. Atualizado em 04/09/2021 13:20

Colunista

Luiz Thadeu Nunes e Silva  EngnheiroAgrônomo, palestrante

Recentemente li uma frase impactante sobre esse tesouro que temos no nosso território, que de tão valioso, pouco cuidamos, ou cuidamos muito mal. 

“A Amazônia coloca o Brasil no mundo, a Amazônia nos tira do mundo”.

Neste domingo, 5 de setembro, é comemorado o dia da Amazônia, um bioma que inclui a maior floresta tropical do planeta e, sem dúvidas, uma das maiores riquezas da humanidade. Esse bioma, que possui 4,196.943 milhões de km2 de floresta e abrange nove países (Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela), apresenta 26% da sua área protegida em território brasileiro, por&am p;eac ute;m, infelizmente, muitos ignoram essa proteção.

Quando o Marquês de Pombal (1699-1782) criou o vice-reino do Maranhão e o Grão-pará para seu irmão, Francisco Xavier, o intuito foi extrair árvores, frutos e minérios. Entre 1758 e 1787, a nascente Companhia do Comércio exportou madeiras destinadas à construção naval no Arsenal Real de Lisboa, além de ouro e um amplo rol de produtos in natura.

Imagem Tripadvisor

O dia da Amazônia surgiu como uma forma de chamar a atenção para esse bioma, e a data foi escolhida como forma de homenagear a criação da Província do Amazonas por D. Pedro II em 1850. Vem de longe o manejo nocivo à floresta. 

Nessa data o objetivo principal é alertar a população sobre a destruição da floresta e de como podemos ter desenvolvimento sem que seja necessário acabar com essa importante fonte de biodiversidade

O que podemos fazer para evitar o pior para os nossos biomas? Como devemos reorganizar as atividades produtivas? Trata-se de um desafio multidisciplinar para governos, empresários e sociedade, enfrentado em bases científicas, urgentemente.

A Amazônia sofre constantemente com o desmatamento, principalmente em decorrência do avanço das plantações de soja e da pecuária. Além disso, esse rico bioma também enfrenta a extração ilegal de madeira, a criação de grandes hidrelétricase a mineração, problemas responsáveis pela destruição de grandes áreas da floresta. Nesse sentido, e de acordo com os especialistas, foram derrubadas cerca de um bilhão, cento e oitenta e cinco milhões de árvores.

Apesar dessas atividades serem importantes para a economia brasileira, devemos lembrar que a exploração desenfreada pode destruir o bioma e causar sérias consequências para o planeta. Além disso, pesquisas indicam que a vegetação da Amazônia pode ajudar na diminuição do dióxido de carbono da atmosfera, uma vez que age absorvendo carbono. Outro ponto importante é que a destruição da floresta e a queima de biomassa estão relacionadas com a liberação de uma grande quantidade de dióxido de carbono. Sendo assim, o desmatamento da Amazônia pode influenciar as mudanças climáticas mundiais.

A Amazônia também é uma importante fonte de biodiversidade, sendo estimada a existência de cerca de 40 mil espécies de plantas diferentes, 400 mamíferos e 1300 aves. Nos rios amazônicos, que constituem a maior bacia hidrográfica do planeta, pode-se encontrar cerca de três mil espécies de peixes. Vale destacar também que a Amazônia abriga várias comunidades tradicionai s que dependem diretamente da floresta para o seu sustento. Diante da destruição desse bioma, diversas organizações criaram projetos que visam proteger e conscientizar a população a seu respeito. 

  • A Amazônia está presente em nove estados do nosso país: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso.É o maior bioma brasileiro, e a sua bacia hidrográfica é a maior do mundo. A Amazônia corresponde a 49,29% do território brasileiro.
  • O rio Amazonas lança ao mar aproximadamente 175 milhões de litros de água por segundo. A Amazônia é o lar de inúmeras espécies de animais e vegetais, sendo essas matérias-primas muito importantes, por exemplo, para a fabricação de medicamentos. A vitória-régia é uma planta típica da região amazônica e destaca-se por ser uma das maiores plantas aquáticas do mundo. 
  • Segundo o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), na Amazônia são encontrados cerca de 30 milhões de espécies animais. O boto-cor-de-rosa, o peixe-boi-da-amazônia, a lontra neotropical, o sauim-de-coleira e a onça-pintada são alguns dos animais que podem ser encontrados em seu território.

Em novembro, na Conferência do Clima (a Cop-26), em Glasgow, Escócia, o Brasil será vitrine. O mundo espera de nós um plano realista, consistente e sério de redução das emissões de carbono. Ainda é tempo de agir.

O IPCC aponta que a reversão do aquecimento global é viável, desde que todas as nações ajam na mesma direção. O Brasil tem imensos serviços prestados ao meio ambiente e histórico de referência em ações de preservação. Cabe resgatar esse legado. O atual governo que não tem respeito pelo meio ambiente, até pouco tempo tinha um ministro como Ricardo Salles, um ignóbil, que foi colocado no mistério para devastar nossas matas e matar nossos rios. 

A Amazônia é nossa, e um bem da humanidade. Temos compromisso com esse patrimônio que nos protege.  O Brasil tem a obrigação de ser modelo para o mundo, no quesito meio ambiente, já que fomos abençoados pela natureza, com as mais belos biomas; não exemplo de devastação, depredação e morte. 

Luiz Thadeu Nunes e Silva : Engnheiro  Agrônomo, palestrante e viajante: o sul-americano mais viajado do mundo com mobilidade reduzida, visitou 143 países em todos os continentes.