Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Esportes

Artilheiro do Sertão, Raimundo Nonato brilha na Seleção Brasileira de Futebol de 5 no Japão

O paratleta de Orocó, Raimundo Nonato (Natinho), vem brilhando nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020. Natinho é integrante da Seleção Brasileira de Futebol de 5, exclusiva para deficientes visuais, classificada às semifinais da competição após três vitórias na fase de grupos. Natinho é o artilheiro do Brasil e da competição com 05 gols marcados na primeira fase, contra China (2), Japão (1) e França (2).

Postado em 01/09/2021 2021 16:18 , Esportes. Atualizado em 01/09/2021 16:24

Jornalista , Editor Antônio José em Esportes

 

Raimundo Nonato Alves Mendes (Natinho) vem brilhando nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020. Imagem Divulgação

Nascido em Orocó, no Sertão do São Francisco, o atleta paralímpico Raimundo Nonato Alves Mendes (Natinho) vem brilhando nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020. Natinho é integrante da Seleção Brasileira de Futebol de 5, exclusiva para deficientes visuais.

No Grupo A, o Brasil estreou com vitória por 3×0 sobre a China, na noite do sábado (28). Na segunda rodada, goleou o Japão por 4×0, na noite deste domingo (29), garantindo à classificação às semifinais. E terminou a fase de grupos com goleada sobre a França, por 4X0, na noite desta segunda-feira (30).

Com o resultado, o Brasil encerra a primeira fase com 100% de aproveitamento, invicta na liderança do Grupo A. Seleção espera agora para saber quem será rival nas semifinais: Argentina, Espanha ou Marrocos

 

Natinho artilheiro com cinco gols

Natinho é o artilheiro da Seleção Brasileira e da competição com 05 gols marcados até o momento. Ele marcou duas vezes na estreia contra a China, abriu o placar contra o Japão e marcou mais dois contra a França.

 

Brasil busca o pentacampeonato

Em Tóquio, no Japão, o Brasil busca manter a invencibilidade e conquistar o pentacampeonato paralímpico. A Seleção Brasileira venceu todas as edições desde que a estreia da modalidade em Atenas 2004.